Em 2003 eu era diretor de arte numa Startup chamada R.NewWare, que produzias Softwares e Games.

Em dado momento houve uma parceria com a Tectoy e eu fiquei incumbido de dois projetos:

O primeiro foi a tela de abertura do console Mega Drive 3. Fiz a interface de abertura junto com uma ilustração em Pixelart do Sonic. A Ilustração foi  para a Sega do Japão e aprovada.

O Segundo projeto foi a criação de um jogo de carro. O Briefing era apenas "um jogo de carro", genérico e seguindo o estilo do clássico TopDown "Super Sprint". E isso me deu liberdade para escrever todo o roteiro e fazer algo bem divertido: Um campeonato intergalático de carrinhos de controle remoto, os dois melhores pilotos da terra foram levados para a disputa.

Inicialmente haveriam muitos personagens que pudessem ser escolhidos, mas o prazo era curto e no final ficaram apenas quatro: os dois humanos, o ET de Varginha (um dos primeiros mitos espaciais brasileiros, e o desenho do personagem segue a descrição oficial) e o Cthulhu (Eu adoro as histórias de HP Lovecraft, e, como o Cthulhu é domínio público, usei o personagem, afinal, para quem não entendesse a referência, ele apenas pareceria "um alienigena polvo")

Todas as pistas do jogo foram desenvolvidas pensando em Tiles de repetição. Não apenas para economizar memória, mas porque pretendíamos que o jogo tivesse um modo "Edit", onde o jogador pudesesse criar as suas próprias pistas.

Infelizmente a startup R.Newware era muito mais focada na criação de softwares e criptografia para empresas bancárias do que na criação de jogos, e adivisão acabou durante a criação de outro jogo autoral: Um jogo de Plataforma, com o personagem Dilly o Pinguim, para a plataforma "Game Boy Advanced" e deixo aqui o pouco da arte que estava sendo desenvolvida para o game.

raul_tabajara_pinguim_cenario.png