As Proporções do Retrato na

História da Arte

20.000 a.C. até 30 a.C.

Se você digitar na internet "as proporções humanas na arte" surgirão uma série de aulas sobre o assunto. E essas aulas não serão apenas de professores diferentes, mas também de conteúdos diferentes falando sobre o mesmo tema! Isso acontece porque o estudo das proporções sempre foi realizado por artistas de diversos países no objetivo de achar o "corpo padrão".

 

Mas, como não somos iguais, uma tentativa de se criar um padrão acaba apenas mostrando o padrão de um determinado grupo, ou seja, aquele do qual o artista faz parte: "média Italiana", "média Alemã", "média dos atletas", "média dos operários"... e é por isso que temos uma série de formas diferentes de se desenhar o corpo humano e, apesar de diferentes, todas acabam tendo o mesmo nome "O Cânone do Corpo Humano".

Aqui apresento uma proposta de observação histórica: Conhecer quem foram os primeiros artistas a desenhar as proporções do corpo humano de forma realista bem como apresentar os primeiros registros técnicos elaborados para ensinar tais proporções.

Resumindo: Que tal conhecer os primeiros artistas que tentaram desenhar o ser humano nas proporções corretas e conhecer como eles ensinavam alunos de arte a realizar esse feito?

Eu jamais teria condições de colocar numa linha do tempo todas as obras extraordinárias criadas ao longo dos 30 mil anos de história da arte que temos. Essa linha do tempo contém os pontos que considero mais relevantes para o Estudo do Retrato com foco na didática das Proporções na arte ocidental. Um material criado na intenção de oferecer textos reflexivos para compreender melhor a arte do retrato (seja para apreciar ou para realizar!).